O QUE É BRANDING?

Branding significa, basicamente, gestão de marcas. E uma marca é a identidade da empresa, de maneira que a envolva com seus conceitos e agregue valor do produto ou serviço fornecidos.  Um trabalho de branding bem elaborado deve transmitir sensações e emoções em seu público-alvo a fim de conquista-lo, não apenas se basear somente em desenvolver um logotipo atrativo, aplicado em materiais gráficos e/ou digitais como especificados no manual de marca.

Definir uma estratégia de posicionamento de marca é primordial e, quanto mais cedo este ponto for trabalhado, melhores resultados terão e maior será o valor agregado da marca. O branding conta a história da empresa, constrói e reforça o valor da marca, interage com os receptores e cria emoções com eles, fazendo com que ela se destaque entre suas concorrentes e seja lembrada pelo público. O envolvimento do marketing na gestão de marcas é fundamental, pois colabora com técnicas e estratégias para atingir o público (ações promocionais, pesquisas de mercado, canais de distribuição, entre outros) de maneira que o branding possa complementar essas estratégias e envolver o receptor na identidade da empresa.

branding

Anúncios

Tipologia x Tipografia

O método, muito utilizado por designers, ainda trava uma batalha em sua grafia: tipologia ou tipografia?

A tipografia significa a impressão dos tipos. Também pode ser traduzida por uma representação da escrita por meio de tecnologia, sendo ela a criação dos caracteres até a impressão e acabamento do material. Já a tipologia se refere ao estudo da formação dos tipos. Este estudo é fundamental para quem se especializa em design, pois é ele quem vai complementar todo o trabalho e dá o requinte necessário. A tipologia permite explorar as formas e linhas da grafia, a ponto de criar fontes e famílias de tipos.

O termo TIPO é o formato e desenho de uma família de letras e é considerado a principal ferramenta de comunicação pois, por meio dos tipos, podemos transmitir informações. As fontes ARIAL, VERDANA E HELVETICA, por exemplo, são tipos de fontes e as suas variações (itálico, negrito, etc.) são fontes desenvolvidas para completar essas fontes e sua forma escrita.

tipologia

O que deve conter um manual de marca?

Uma marca transmite a identidade da empresa e precisa comunicar o real direcionamento e segmento em que ela atua. O manual de marca é, basicamente, um guia do logotipo. Este manual contém todas as informações necessárias para a utilização da marca, conceitos, aplicações, espaçamento e as maneiras de utilizá-la. Além do logo, parte fundamental da apresentação de manual de marca, itens como suas variações (negativo, preto e branco), aplicações corretas e formas de não aplicá-las devem estar sempre bem informadas. As cores e tipografia utilizadas na comunicação visual também devem conter nesta apresentação, bem como o espaçamento entre o logo e elementos a sua volta para que haja legibilidade da marca.

O manual de identidade visual é a parte do documento que reservamos para demonstrar as aplicações que podemos realizar de uma determinada marca. Estas aplicações podem ocorrer de maneiras mais diversificadas, como em materiais de papelaria (cartão de visita, envelope, papel de carta), veículos (carro, caminhão), multimídia (assinaturas de e-mail, e-mail marketing, site) e muitos outros.

manual de marca